Buscar
  • Lígia Gonçalves Silva

O poder da gratidão

Atualizado: Fev 28



Já ouviu falar em diário de gratidão?

O diário de gratidão é um exercício da Psicologia Positiva muito usado pela sua simplicidade e reconhecidos efeitos positivos.


Sabe aqueles dias em que parece que tudo correu mal? Pois bem, este exercício desafia-nos a identificar as coisas boas que acontecem diariamente, até nesses dias maus, onde estamos menos propensos/as a notá-las. Assim, no final de cada dia, devemos reservar um momento para pensar e escrever pelos menos três coisas boas que aconteceram no nosso dia. Não importa se foram grandes ou pequenas. Se foi ganhar o Euromilhões ou ver o sol. Basta que tenham despertado um sentimento bom. Se tem filhos/as, pode adaptar o exercício e à noite, quando os for deitar, pedir que pensem em algo pelo qual são gratos.


A gratidão é um sentimento espontâneo, mas, cada vez mais, os estudos nesta área destacam o seu valor como prática, demonstrando que as pessoas que fazem esforços conscientes para a cultivar obtêm importantes benefícios sociais e pessoais. Da minha experiência em contexto clínico posso dizer que, regra geral, os efeitos são muito positivos.


Mas porque é que exprimir gratidão é tão importante?

A eficácia de exprimir gratidão - emoção que expressa apreço pelo que se tem - parece estar muito ligada à forma como obriga o nosso cérebro a lembrar-se das coisas boas. Além disso, obriga-nos a uma reflexão diária, onde podemos tomar consciência e saborear os acontecimentos positivos. Restringe ainda o uso de palavras que expressam emoções negativas e desvia a atenção interior de emoções negativas como o ressentimento e a inveja, minimizando a possibilidade de refletirmos sobre elas.


O facto de ser um diário, como aqueles que tínhamos na adolescência, permite-nos consultá-lo naqueles dias em que precisamos de uma dose extra de positividade. Quantas vezes relembramos uma situação e as primeiras memórias são do que correu mal? Desta forma, podemos fazer uma "viagem ao passado" positiva, lembrar todas as coisas boas que aconteceram e olhar para o futuro com mais esperança - porque coisas boas acontecem!


Resumindo, porque é que praticar a gratidão é tão importante?

Porque...

  • Desconecta-nos de sentimentos tóxicos e negativos.

  • Diminui a ruminação de pensamentos negativos.

  • Aumenta a nossa perceção de felicidade .

  • Aumenta a satisfação com a vida.

  • Estimula o humor positivo.

  • Valoriza as coisas simples e imateriais.

  • Melhora o sono.

  • Promove a resiliência e a paciência.

  • Promove a saúde física e psicológica (mesmo para aqueles que já enfrentam problemas de saúde mental).

  • Melhora as relações.


O diário de gratidão, como muitas práticas de gratidão, pode ajudar-nos a sentirmo-nos mais calmos, principalmente à noite. Traz-nos uma nova perspectiva, mais positiva, sobre as nossas vivências e ajuda-nos a concentrarmo-nos no que realmente importa. Aprendemos mais sobre nós mesmos e tornamo-nos mais conscientes. E o melhor é que só precisamos de um caderno, uma caneta e uns minutos do dia. Aceita o desafio?

 

Para saber mais:

Does gratitude writing improve the mental health of psychotherapy clients? Evidence from a randomized controlled trial

In Praise of Gratitude, Harvard Mental Health Letter

83 visualizações
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social

©2020 by ligiagoncalvessilva