Buscar
  • Lígia Gonçalves Silva

Como ajudar alguém a lidar com o luto



Nunca sei o que dizer nestas alturas é uma das frases que mais repetimos quando falamos com um amigo ou familiar que perdeu alguém. Muitos de nós lutam para saber o que fazer ou dizer em situações de sofrimento por uma perda. E uma situação que já é bastante difícil normalmente, vê-se agora agravada com a pandemia de covid-19 e a proibição de visitas e despedidas nos hospitais, os funerais limitados a pequenos grupos de pessoas e a impossibilidade de recorrermos a algumas estratégias para processar uma perda, como grupos de apoio, estar com a família e os amigos ou frequentar locais de culto.


O que podemos então fazer para apoiar uma pessoa querida que perdeu alguém? Aqui ficam algumas ideias:


Entrar em contato

Não te preocupes em ter as palavras certas. É muito mais importante estar presente e disponível. Lembra-te também que o luto é contínuo e dinâmico, por isso mantém o contacto, sem a necessidade de resposta do outro lado.


Ouvir ativamente

A dor pode vir acompanhada de muitas emoções. Associado à tristeza pode vir culpa, raiva, dormência ou mesmo alívio. Não há formas certas ou erradas de viver uma perda e todos a vivemos de formas diferentes. Foca-te nas emoções da outra pessoa e não as julgues pelas tuas próprias experiências. Toda a gente sofre de maneira diferente.


Oferecer formas específicas de ajuda

Após uma perda, a vida continua - há trabalho para fazer, casa para limpar, filhos para cuidar. Podes tentar encontrar maneiras de facilitar o dia da outra pessoa, ajudando-a em algumas dessas tarefas (ir ao supermercado, passear o cão, levar o jantar, ...).


Fornecer recursos

A internet tem muitos recursos para pessoas que estão a passar por uma perda e tu podes mostrá-las ao teu amigo ou familiar. É possível encontrar muita informação relevante sobre o tema e grupos de apoio que podem ajudar muito neste processo.



O mais importante é lembramo-nos sempre que a dor é única e que um processo de luto leva tempo e vai mudando à medida que ele passa. Há pessoas que preferem conversar, outras que preferem ficar sozinhas. Se realmente não sabemos o que podemos fazer ou como ajudar, a solução pode ser perguntar: como posso ajudar-te hoje?


Infelizmente não podemos mudar a situação, trazer a pessoa de volta ou apagar a dor. Mas também não precisamos de dizer a coisa perfeita, porque ela simplesmente não existe. Podemos sim estar presentes da melhor forma que conseguirmos.


Não podemos curar a dor, mas podemos garantir que a pessoa de quem gostamos não vai passar por isso sozinha.

83 visualizações
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social

©2020 by ligiagoncalvessilva